Buscar
  • Assessoria de imprensa

Artigo - Combate ao COVID-19





Independente da posição ideológica que cada um de nós ocupa, está claro que neste momento absolutamente nada tem mais valor do que a vida humana. Devemos zelar por ela, pelas pessoas que amamos.


De fato não temos muitas respostas frente a esse desafio. Ele é inédito e chegou de forma abrupta, mas pouco a pouco, graças a experiências bem sucedidas de outros países que enfrentaram o COVID-19 antes de nós, é possível repetir boas práticas para minimizar a contaminação e fornecer o tratamento médico adequado aos que precisarem.


O isolamento social tem se mostrado a medida mais efetiva e é a primeira recomendação da Organização Mundial de Saúde. Precisamos focar nele neste momento para achatar a curva de disseminação, e assim ganhar tempo enquanto insumos são providenciados, leitos são preparados e vacinas são testadas. Se a ciência sempre foi a maior aliada no avanço da sociedade, é da fonte dela que devemos beber agora.


A economia nos preocupa? Sem dúvidas. Somos um país gigantesco e jovem, ensaiando o seu pleno desenvolvimento. É prudente nos prepararmos, mas com a certeza de que a economia foi feita pelo homem para servir ao homem. Ela deve ser modular e se encaixar no seu contexto histórico. Estamos diante de um grande desafio exatamente agora.


Desafios tomarão conta do nosso cotidiano nos próximos meses, mas há algo maior acontecendo. Os Estados Unidos aceitou ajuda da China - sua grande rival comercial - para cuidar da população do país que passou a ser o novo epicentro mundial de contaminação.


Já o G20 em reunião recente, decidiu criar um pacote econômico de 5 trilhões de dólares que serão distribuídos entre a saúde e contenção dos desempregos e falências ao redor do globo. A Argentina, nossa vizinha e importante parceira, começou a integrar um grupo de dez países escolhidos pela própria OMS para conduzir ensaios clínicos em busca de uma vacina.


Ironicamente estamos nos unindo quando a ordem sanitária é justamente o afastamento. Vemos brotar a solidariedade não só dos que ocupam cargos importantes, mas também em vizinhos que se oferecem para fazer compras para idosos, em cidadãos comuns que continuam distribuindo renda entre sua pequena comunidade, em profissionais de saúde que se colocam na linha de frente para fazer o que estiver ao seu alcance.


Essa sem dúvida é maior batalha que a nossa geração podia atravessar, mas a ressignificação da vida que ela pode nos trazer também é imensa. Não percamos esta chance.


Alessandra Monteiro


0 visualização

QUEM É ALESSANDRA?

Alessandra Monteiro tem 34 anos e é nascida em Mogi das Cruzes, SP. Ela é formada em Administração, pós-graduada em Ciências Políticas e especialista em Gestão de Cidades. Junto com outros milhares de brasileiros, ela faz parte de um movimento pela renovação política. 

Emaildepalessandramonteiro@gmail.com

Contato: 98103-7275

Palácio 9 de Julho - Av. Pedro Álvares Cabral, 201  Moema - São Paulo - SP - 04094-050

(Gabinete 1006 - 1º andar)

FIQUE POR DENTRO DAS AÇÕES DO MANDATO

© 2020 Alessandra Monteiro. Proudly created with Wix.comTerms of Use  |   Privacy Policy