MINHAS CAUSAS

politico.png

MULHERES NA  POLÍTICA

A falta de representação feminina nos espaços de poder público tem sido um problema no mundo todo.

 

  Apenas 24% de todos os parlamentares mundiais são mulheres.  No Brasil, as mulheres representam somente 16% do total de políticos eleitos em 2018.

 

De acordo com o Fórum Econômico Mundial, projetando as tendências atuais, a desigualdade de gênero (política, econômica, social) só será resolvida daqui há 108 anos.⠀

 

Promover a igualdade de direitos e oportunidades entre homens e mulheres na política e no mercado de trabalho é uma das minhas prioridades.

Como política e cidadã brasileira, acredito que a entrada das mulheres na política contribui diretamente para o desenvolvimento de políticas públicas mais democráticas, participativas e colaborativas.

 

livro.png

EDUCAÇÃO

Saber que educação é essencial é diferente de fazer dela sua prioridade.

 

É hora de tirarmos do papel as mudanças que queremos, nossas crianças e adolescentes precisam ser preparados hoje para o mundo de amanhã.

 

É dever do Estado garantir uma educação eficiente com escolas equipadas, merenda de qualidade e, principalmente, aulas transformadoras. Precisamos que nossos jovens saiam do Ensino Médio preparados para os desafios da vida adulta.

 O Estado de São Paulo possui a maior rede de ensino da América Latina, isso significa que só com muito trabalho e muito empenho é que o nosso ensino público vai se tornar mais relevante e atrativo.

 

garoto.png

COMBATE AO

ABUSO INFANTIL

Há muita dificuldade em se combater o abuso sexual infantil, mas não podemos aceitar isso.

 

É inadmissível vivermos em uma sociedade que, embora tão avançada em vários aspectos, ainda tolera esse tipo de prática desumana.


Governo, organizações e sociedade podem investir juntos no combate do abuso infantil.

 

O estado de São Paulo é o primeiro em denúncias desse crime no Disque 100, com 19% das ligações em todo o Brasil. 

 

Urgência é a palavra que define a prioridade com que o poder público deve tratar desse problema.

 

Acredito que o estado de São Paulo e o Brasil têm o potencial para sermos referência na resolução dos casos e no cuidado com as vítimas.